Conecte-se conosco

Facebook Twitter Canal YouTube

Página Inicial

Loja

Sobre o Centro

História

Missão

Serviços

Aulas

Traduções

Intérprete

A China

Arte Marcial

Clássicos Literários

Cultura

Culinária

Filmes

História

Invenções

Qìgōng

Dámó Qìgōng

Gù Jīng Gōng

Língua Chinesa

Ideogramas

Pin Yin

Artistas Chineses

Bandas de Música

Estudando Mandarim

Ferramentas

Músicas

Jogos

Notícias

Contato

Links

 

Dámó Qìgōng (达摩气功) >> Prática do Dámó Qìgōng (达摩气功实践 )

 

Prática do Dámó Qìgōng (达摩气功实践)

 

Preparação

Após terminar o passo 8 do Bā Duàn Jĭn (八段锦), mantenha as pernas cruzadas. Se não for possível sentar-se na posição de meio-lótus, sente-se com as pernas cruzadas normalmente ou se posicione numa cadeira, com as costas retas e os pés tocando o chão.

Por favor, use almofadas, um edredom ou cobertores embaixo dos quadris e pernas para que seja mais confortável enquanto está sentado no chão. Não há qualquer necessidade de se machucar ou forçar demasiadamente o corpo.

Entre num estado silencioso, com os olhos ligeiramente fechados e as mãos uma sobre a outra (direita encima da esquerda), com os polegares se tocando, como muitas estátuas de Buda que se vê. O topo da cabeça deve estar levemente para cima, em direção ao céu.

Lentamente elimine todos os pensamentos dispersos de dentro do coração. Mantenha a coluna ereta e repouse a mente-intenção na região do Campo do Elixir Inferior (Xià Dān Tián;下丹田), mas sem qualquer pensamento ou idéias. Não se deve olhar com força ou esforço para o Campo do Elixir Inferior. Deixe a mente-intenção repousar nesta área naturalmente.

Relaxe todas as partes do corpo e coloque a ponta da língua tocando o palato duro e deixe os dentes se encostarem levemente. Deixe a virtude começar a crescer dentro de você e remova todos os sentimentos negativos, deixando o corpo ainda mais relaxado.

Esta é a postura de imobilidade (postura 1) e sinaliza o início da prática de Qìgōng.

Deixe a visão interna olhar para o Campo do Elixir Inferior.

Sim, você irá contemplar a escuridão no início.

Então, lentamente imagine que esta escuridão começa a se expandir em todas as direções. Seu próprio corpo aos poucos desaparece na escuridão; sua casa desaparece na escuridão; a sua cidade desaparece na escuridão; seu país desaparece na escuridão que se expande.

A escuridão se expande tão grandiosamente que toda a Terra desaparece nela; o universo desaparece na escuridão; todas as coisas desaparecem.

Eu não consigo ver nada.

Eu não consigo ouvir nada.

Eu não consigo pensar em nada.

Eu, novamente, retorno ao tempo antes do meu nascimento.

Onde eu estou, eu não consigo saber.

Onde está o meu corpo, eu não consigo saber.

Onde está a minha casa, eu não consigo saber.

Por que eu não consigo saber?

Porque quando eu retorno para o tempo antes do meu nascimento, eu não tenho a capacidade de ver, ouvir, pensar, imaginar ou de fazer qualquer coisa.

Um praticante disse que sempre ouvia os sons feitos pelos pássaros do lado de fora da janela. Eu disse a ele: “você acha que pode ouvir os pássaros cantando quando você está no tempo antes do seu nascimento ou depois da sua morte”. Ele respondeu: “Não”. Então, eu disse: “Agora você sabe como deixar seu coração tranqüilo”

A primeira postura deve ser mantida por 10-15 minutos ou mais.

Depois erga lentamente os dois braços até altura do peito, mantenha-os alinhados, com as palmas viradas para cima e dedos apontando uns para os outros (postura 2).

Permaneça nesta postura por 5-10 minutos.

A duração de cada uma das posturas pode variar e você tem liberdade para decidir quanto tempo cada postura deve ser mantida.

Relaxe todas as partes do corpo

Respire naturalmente e não se importe com a respiração

Deixe a virtude natural crescer internamente e florescer como uma bela flor de lótus.

Deixe o coração ser puro

Descanse na tranqüilidade, claridade e quietude.

Essas duas primeiras posturas são denominadas de posturas de preparação.

Empurre lentamente os dois braços para frente, mantendo-os na mesma altura. As palmas das mãos devem estar voltadas para frente e os dedos para cima. Esta postura é chamada de “empurre para abrir a porta” (postura 3).

Mantenha esta postura pelo tempo que agüentar. Então, lentamente traga de volta seus dois braços, retornando a segunda postura, que está sendo repetida (postura 2).

Fique nesta postura por aproximadamente 10 minutos e depois estique os dois braços para os lados do corpo, com as palmas viradas para cima e os dedos para fora. (postura 5)

Mantenha esta postura pelo tempo que agüentar. Seus braços irão tremer depois de algum tempo e ficarão doloridos. Então, lentamente retorne novamente para a postura 2 e a mantenha por 5-10 minutos.

Depois, levante os braços para o céu com as palmas viradas para cima e os dedos apontando uns para os outros. Esta é a postura 4. Mantenha pelo tempo que agüentar.

Traga os dois braços para baixo e de volta para a segunda postura, mantenha-a por 5-10 minutos.

Pode-se usar esta postura (2) em combinação com as posturas 3, 4 ou 5, que são posturas de mobilidade. E é de sua escolha decidir qual postura utilizar.

Escolha, então, uma das posturas 3,4 ou 5, esticando os braços e a mantendo até não agüentar mais.

Deixe a forma ser natural. Você pode escolher a combinação que sinta mais natural para você.

Você pode mudar a ordem da seqüência como desejar.

Não se preocupe com a ordem correta.

Mantenha o coração calmo e tranqüilo.

Mantenha a mente e a visão interna no Campo de Elixir Inferior, o Dān Tián Inferior.

Traga de volta os braços novamente para a postura 2 e descanse por 5 minutos.

Então, abaixe ambas as mãos e retorne para a postura 1, a postura de imobilidade. Descanse 10-15 minutos ou mais na quietude, sem nenhuma idéia sobre qualquer assunto.

Quando sentir naturalmente que a pratica terminou, tenha uma ligeira idéia que a escuridão em que o universo desapareceu no início, começa a encolher lentamente em direção ao Campo do Elixir Inferior, a área do Dān Tián Inferior.

Todas as coisas voltam para o Campo do Elixir Inferior.

Todo o Qì (气; energia vital) que circulou durante a prática é lentamente trazido de volta para o Campo do Elixir Inferior com uma intenção muito leve, bem natural.

Deixe todas as coisas acontecerem de maneira natural, descanse no silêncio e não pense em nada.

Após 15 minutos a sua prática terá terminado.

No começo você sentirá seus braços doloridos e isso é normal. Talvez se sinta tão mal que pense em parar ou os sintomas de alguma doença piorem. Mas, por favor, tenha confiança na prática e continue os exercícios com o coração puro.

O número 1 significa a primeira postura; o número 2 significa a segunda postura e assim por diante.

Há uma postura (2) que é repetida três vezes.

Dentre todas as posturas, a 3,4 e 5 são posturas de mobilidade. A postura 1 é de imobilidade. A postura 2 é mediana e possui tanta a natureza da mobilidade como da quietude.

Apenas passando por todo o processo gradual de mobilidade para quietude e da quietude para a mobilidade, a energia vital (Qí) pode ser saudável e não ter nenhuma tendência em relação a mobilidade ou a imobilidade. Este tipo qualitativo de Qì pode ser usado por pacientes para curar doenças.

Quando o vapor vital ou Qì tende para um lado ou outro (mobilidade ou imobilidade), ele causará dano a saúde humana.

Abaixo alguns exemplos de combinações das posturas para a sua prática.

1,2,3,2,4,2,5,2,1.
1,2,4,2,3,2,5,2,1.
1,2,5,2,4,2,3,2,1.
1,2,3,2,5,2,4,2,1.
1,2,5,2,3,2,4,2,1.
1,2,4,2,5,2,3,2,1.

Escolha qualquer uma das seqüências. Seja natural.

Após 15 ou 20 dias do início da prática, você começará a se sentir muito bem, muito leve. Seu corpo e membros irão vibrar e estarão cheio de Qì, Energia Vital.

Sem experiência, as pessoas sempre irão achar que o Qìgōng é uma mentira ou um sonho. Somente pela prática diária as pessoas podem conhecer e entender a teoria do Qìgōng pela experimentação pessoal.

Persistência é essencial para o sucesso na prática do Qìgōng e, por isso, a prática deve ser contínua.

É sugerido que se pratique duas ou três vezes todos os dias. Uma pela manhã, outra à noite e mais uma a meia-noite ou na freqüência que sua agenda permitir.

Mesmo uma única sessão por dia trará grandes benefícios.

Abaixo um exemplo da agenda de práticas que seguimos quando fazemos o retiro intensivo de meditação taoista na China, entretanto na vida diária, com o trabalho e outras atividades, os exercícios devem ser praticados de acordo com a sua agenda e de maneira balanceada.

 

Prática matinal

5:15 h – 6: 45 h

Prática à tarde

11:00 h - 12:30 h

Prática noturna

19:30 h - 21:00 h

 

Próximo da meia-noite você pode realizar mais uma sessão. Se puder acordar, sente-se tranquilamente voltado para o leste na hora zĭ (子), das 23:00 às 01:00. Este talvez seja o melhor horário para a prática, pois é um momento muito calmo e é quando o primeiro raio de yáng ( 陽) começa aparecer. Deve-se estar virado para o leste, pois o alento da vida flui desta direção na primeira hora yáng.

Uma grande força de vontade é necessária para se obter progresso.

Sem persistência na prática diária, nenhum progresso real será obtido.

Antes da prática areje o seu quarto primeiro

O ar no seu quarto deve ser limpo.

Seu quarto deve ser silencioso, longe de barulho.

Leve uma vida tranqüila e simples se possível.

O praticante deve prestar muita atenção no alimento que consume. Este não deve conter muita pimenta ou ter sabor picante. A maioria das refeições deve ser de vegetais sem nenhum sabor forte. Ingira pouca gordura, nenhum alimento desidratado ou de natureza doce, fria, crua ou muito salgada.

Seja natural e moderado na escolha dos alimentos a serem consumidos.

Nunca toque qualquer material de conteúdo sexual se possível, como livros, revistas, filmes, programas de TV etc. A energia que é consumida durante a excitação sexual é muito importante na prática e devemos preservar e transformar esta energia nos primeiros estágios de Qìgōng. Nos 3 primeiros meses de prática isso é muito importante.

Tenha uma vida sexual moderada e natural. Não ter qualquer relação sexual pelos primeiros 90 dias é o mais recomendado. Não tenha relações sexuais em excesso. Isto é fundamental, já que a sua energia sexual é a base para o sucesso no cultivo do Qì.

Tente beber água quente quando tiver sede. Isto é muito importante para a saúde do Campo do Elixir Inferior.

Nunca tome bebida gelada, fume ou consuma álcool. Isto também é muito importante.

Evite tomar muito medicamento. Quando começar a se sentir bem, o consumo de medicamentos gradualmente irá diminuir.

Sempre mantenha sua mente pacífica.

Leve uma vida simples.

Seja puro no coração.

Seja virtuoso.

Não garantimos que os praticantes possam alcançar nada. Todo o sucesso depende do seu esforço.

Haverá algumas coisas em que precisará de ajuda. Por favor, fique a vontade para contatar Wudang Taoist Internal Alchemy (em inglês ou chinês) se tiver qualquer dúvida sobre esta prática básica.

Pratique pelo menos duas horas todos os dias se possível ou quando a sua agenda permitir.

A respiração deve normal.

Nunca a force.

Ela ficará mais e mais fraca e muito leve.

Com o progresso não sentirá nenhuma respiração.

Em estágios avançados da prática de Qìgōng, a respiração irá cessar naturalmente, o sangue irá parar de circular e o coração não irá mais bater.

Tudo parece morto.

Nada entra e nada sai.

Tudo se torna uma constante quietude.

Claro que para alcançar este estágio, será necessário um longo tempo de prática.

Nada deve ser forçado.

Tudo deve ser natural.

Continue com a prática uma vez pela manhã e outra a noite, se possível, e nunca pare. Quando praticar relaxe todas as partes do corpo e sinta-se confortável. Deixe que seu coração brilhe com grande beleza, amor e virtude.

Seja puro, natural e cheio de virtude.

Coloque algo macio embaixo dos quadris para que este fique um pouco mais alto que as pernas. Isso tornará a postura mais agradável.

Esteja confortável ao sentar.

O ideal é sentar sobre um edredom ou cobertor. Deixe a coluna ereta, língua tocando o céu da boca, dentes levemente se tocando e respire bem suavemente, inspirando e expirando pelo nariz.

Deixe o coração ser puro, brilhando a sua luz naturalmente.

No início é difícil praticar Qìgōng porque é monótono, seus braços ficarão doloridos e você ainda não tem nenhuma sensação do Qì. Mas, se conseguir continuar, pouco a pouco se sentirá melhor. Por isso, algumas vezes um professor de Qìgōng é necessário para auxiliar os novos praticantes a passarem pela dificuldade dos primeiros 4-5 dias, enviando Qì para seus corpos e aconselhando o uso de ervas medicinais especiais que são boas para auxiliar a abertura dos canais de energia e seus colaterais.

A prática do Qìgōng pode abrir praticamente todos os canais de energia, inclusive os mais finos e os colaterais, os quais conectam os principais canais energéticos dentro do corpo.

No princípio o Qìgōng fortalece grandemente o sistema nervoso. Então, utilizando este medicamento interno obtido através do cultivo do Qì, o praticante pode matar todos os vírus e coisas não adequadas ao corpo humano. Desta maneira, o estudante possuirá uma nova vida em todos os aspectos.

Deve-se ter uma resolução e vontade inabalável para continuar com a prática, caso contrário, aconselhamos que a prática não seja iniciada, pois todos os primeiros esforços serão levados pelo vento em pouco tempo.

A vida humana é transitória, como uma bolha de sabão.

Somos muito parecidos com os peixes que nunca sabem que morrerão sem água.

Sempre pensamos que somos poderosos.

Prestamos muita atenção em nossa existência, exaurindo os nossos órgãos dos sentidos em todas as atividades criadas pelo homem.

Entretanto, devemos compreender esta verdade e reverter o curso que estamos seguindo.

Se movendo na direção oposta ao homem comum.

Trabalhando diariamente para cultivar nosso coração e obter a quietude.

Cultivando o nosso Qì para saúde, harmonia e felicidade.

Procurando obter a união com o Dào (道).

 

 

Após terminar a prática do Dámó Qìgōng você pode continuar com a Meditação Jejum do Coração-Mente.

 

Topo